UTI Neonatal do Hospital de Araguaína completa 15 anos

UTI Neonatal do Hospital de Araguaína completa 15 anos



Normal
0


21


false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE













MicrosoftInternetExplorer4

























































































































































UTI Neonatal do Hospital Orionita, 15 anos a serviço da vida!

 

Neste dia 19 de setembro o Hospital Dom Orione de Araguaína comemorou os 15 anos de funcionamento da UTI NEONATAL, a primeira da região norte do Estado do Tocantins.

Como se sabe a UTI neonatal é importante para atender os recém-nascidos com assistência humanizada e de qualidade, com equipamentos específicos, recursos humanos especializados e um serviço médico pronto a intervir 24 horas por dia. Ou seja, está destinada a salvar vidas e a melhorar as chances de quem nasce prematuramente.

Segundo dados estatísticos fechados em 2011, já foram internadas no setor quase 10 mil crianças. Segundo a razão estatística entre nascimentos e internações, de cada 4,5 crianças que nascem, uma delas é internada na Unidade, que correspondem a 22% dos nascidos vivos.
São religiosos e estruturas orionitas a serviço da vida!

A Pastoral da Saúde do Hospital informou que neste dia de festa, às 10h30 reuniram-se colaboradores, médicos e mães dos bebês internados na unidade, para agradecer a Deus por tantas vidas que foram salvas e também pedir as bênçãos de Deus, pela intercessão de São Luis Orione, para continuar o trabalho junto com todos os profissionais da saúde. Ouviram-se muitos agradecimentos: equipe de enfermagem, médicos e mães.

Mas o agradecimento mais solene e significativo foi dado pela primeira criança que ficou internada na Unidade que completou exatos 15 anos, Larissa. Ela é filha da farmacêutica e colaboradora do Hospital Dom Orione.

Todos os profissionais do Hospital, na festa de hoje, reconheceram como é gratificante ver tantas crianças, tão pequenas, saírem da UTI com saúde, indo pela primeira vez para os seus lares, conservando na própria história que a sua primeira residência foi numa “casa de Dom Orione”.

Na “casa de Dom Orione” – exorta o Superior Geral, Pe. Flávio Peloso – “Toda vida humana é digna e preciosa! Como Igreja, como filhos de Dom Orione, nós, seus filhos, nos sentimos particularmente chamados a proteger e a curar a vida frágil.”

Neste dia de comemorações no Hospital em Araguaína ouviu-se um grito. A saudação e o cumprimento entre os participantes não era somente um ritual de satisfação pelos 15 anos passados, mas tinha em si uma promessa de futuro: “Ave Maria e Avante!”.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This