Seminarista Orionita: “Como esperança de nossa realidade”

Seminarista Orionita: “Como esperança de nossa realidade”

 

“O Seminarista Orionita, Esperança do Hoje”.

 

Ao olharmos para a vida do jovem seminarista Luís Orione, menino de família simples, humilde, educado, cuja mãe Carolina, zelosa e senhora piedosa do lar e o pai, Vitório, homem do trabalho braçal, podemos dizer que o corajoso menino Luis Orione, como seminarista, soube como ninguém unir sua vida, sua vocação como resposta a Deus que o chamava a sair de si e ir ao encontro do outro, pobre, excluído, renegado e a fazer-se sinal de luz, esperança, acolhida e evangelho vivo para aqueles que dele se aproximavam. O seminarista Luís Orione foi sinal de esperança no seu tempo e ainda hoje continua sendo para nós através de seu testamento de vida e obras, que ajudam a dar forma e per forma a aqueles que de sua Família Religiosa se aproximam.

E você, que foi o seminarista de ontem, e você, seminarista de hoje, que anseios, metas, ideais, valores, sonhos te anima e motivam-te a deixar família, comunidade, amigos, lugar, talvez uma vida já estabilizada a lançar-se nessa aventura de ser Orionita, desbravador do amor, defensor do Papa, devoto de Maria, amigos dos pequenos, jovens e promotor da vida e de ser um evangelho vivo no seio de uma sociedade, marcada pelo individualismo, secularismo, consumismo, onde a vida muitas vezes é descartada e a esperança usurpada.

Nós que escolhemos ser seminarista Orionita, devemos ter em mente esses caminhos percorridos pelo nosso pai fundador, cuja meta, objetivo e foco eram levar todos ao coração Cristo, centro de nossa vida e meta final de nossa consagração batismal e religiosa, a Igreja e ao Papa.

Portanto, ser seminarista Orionita, esperança do hoje, é deixar-se moldar por Deus, ser sensível aos sofrimentos de nosso povo, compadecer-se de suas dores e alegrias, ter bem claro quais os meios essenciais que devemos buscar e trabalhar em nós, em vista do nosso objetivo principal Jesus Cristo. O seminarista de hoje é chamado a ser esperança aqui e agora, pois, é um continuador da herança que recebemos do jovem seminarista e hoje santo São Luís Orione.

Pe. Osvaldir Ribeiro-podp

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This