REALIDADE JUVENIL MUNDIAL É TEMA DE SIMPÓSIO EM ROMA

REALIDADE JUVENIL MUNDIAL É TEMA DE SIMPÓSIO EM ROMA

Acontece em Roma, de 03 a 07 de Junho de 2019, o Encontro mundial de representantes do GEO (Grupo de Estudos Orionino) que tem como tema “ Com Cristo, eterno jovem”. Este seminário visa discutir a realidade juvenil mundial à luz do Carisma Orionino, partindo dos pressupostos do Sínodo dos Jovens, acontecido em outubro de 2018 que teve como tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.  O encontro teve início no dia 03 de Junho pela manhã. Após apresentação dos participantes, Pe. Fernando Fornerod passou a palavra ao Superior Geral, Pe. Tarcísio, que fez a abertura ressaltando que todo estudo deve estar consoante com a Assembleia Geral de Avaliação que vai acontecer em Outubro na África.

Pe. Tarcísio ressaltou a constatação que todos têm de que “não é fácil trabalhar com o jovem”. Citou um livro de 1971, onde se reflete sobre como ter uma interlocução direta com os jovens atualizando uma preocupação existente há bastante tempo atrás.  Ressaltou que uma proximidade verdadeira passa pela relação dialética (teoria-prática) onde, à luz do carisma orionino, deve haver partilha de ideias e de práticas de vida tendo como fundamento o evangelho de Jesus Cristo, eternamente jovem, à luz do carisma orionino.

Como falar de Deus hoje, especialmente aos jovens? Exemplificou a atitude que São Luis Orione teve na interlocução com os jovens, superando preconceitos e respeitado e compreendendo o momento existencial da juventude.

Pe. Tarcísio citou o papa Francisco que fala da falta de referência para a juventude. O papa ressalta como exemplo a ser seguido a dedicação dos pais em relação aos filhos, sobretudo incentivando os mesmos jovens a sonharem na construção de um mundo melhor. O que podemos fazer?  

Pe. Diego Fares, sacerdote jesuíta e escritor da “Civiltà Cattólica” convidado para um momento de iluminação à tarde refletiu sobre a reforma da Igreja, a sinodalidade e sobretudo a necessidade de caminhar com os jovens. Ressaltou que falando sobre e para os jovens, se fala de tudo. Para tanto faz-se necessário conhecer a realidade dos jovens, fazer uma experiência de vida, conviver e situar-se existencialmente com os mesmos buscando a afirmação do “ser” mais em contraposição ao “ter mais”.

PARTICIPANTES:

ÁFRICA – Pe. Sylvain Dabirè; ARGENTINA – Pe. Raúl Trombini; BRASIL – Pe. Antônio Sagrado Bogaz, Pe. Francisco Alfenas, João Henrique Hansen; CHILE– Pe. Gustavo Aguilera; DELEGAÇÃO INGLESA – Pe. Sunil Yesuputhiran Raja; ITÁLIA – Fernando Fornerod, Pe. Paulo Clerici, Pe. Flávio Peloso, Michele Busi,  Pe. Giuseppe Vallauri, Pe. Sérgio Santos, Enza Falso, Ir. Maria Irma Rabasa, Ir. Alicja Kedziora; POLONIA – Pe. Sylwester Sowisdral, Lia Sirna, Krystyna Przytuska

 

 

Sem comentários

Gostou do artigo? Faça um comentário!

Share This