Profissão religiosa do primeiro orionita moçambicano

Profissão religiosa do primeiro orionita moçambicano

Profissão do primeiro orionita moçambicano

 

BONOUA – COSTA DO MARFIM. Nesta manhã, na capela do Noviciado de Bonoua, o noviço Coane Julio Eugenio fez sua primeira profissão religiosa – informou-nos o padre Angelo Girolani da Costa do Marfim, onde o neo-professo fez o noviciado – Na cerimônia, simples mas solene, participaram todos os confrades de Bonoua e vários outros religiosos convidados e leigos. E tudo se concluiu com um almoço de confraternização.
 
Este evento, grande aos olhos de Deus e também aos olhos de toda a família orionita, porque é o primeiro fruto consagrado da terra moçambicana onde os brasileiros começaram uma missão a 8 anos atrás, em 2003.
Em Moçambique, a congregação tem uma poderosa paróquia em uma área muito pobre e onde a dois anos funciona um Pequeno Cotolengo (casa para crianças com deficiências) com mais de 40 moradores.
Que Deus abençoe esta querida nação que tanto precisa de Deus e de nossa ajuda fraterna.
 
 
Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This