Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade, chegam em Dourados-MS

Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade, chegam em Dourados-MS

As Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade, abrem uma Comunidade na paróquia Nossa Senhora do Carmo, na Diocese de Dourados-MS, para trabalhos pastorais.

Na presença do bispo diocesano, Dom Redovino Rizzardo, a paróquia Nossa Senhora do Carmo, no Joquey Clube, em Dourados, realizou na noite de terça-feira(11/02), às 19h, uma belíssima celebração para recepcionar as duas irmãs Orionitas, que chegaram na paróquia para prestar serviços junto a comunidade. Na oportunidade foi celebrada a santa missa, presidida pelo bispo e concelebrada pelo pároco, Pe. Renaldo. A igreja esteve completamente lotada e os jovens da comunidade apresentaram encenação de boas viandas das duas religiosas.

Irmã Maria Elza Ramirez.: nasceu Cidade de Nascimento Posadas Misiones, Argentina; com 52 anos de idade, proveniente de uma família de sete filhos, sendo a quinta filha. Ingressou na Congregação em 1979, com 17 anos. Emitiu a Profissão religiosa com 22 anos, em 1984 e os votos perpétuos em 1989, com 27 anos de idade, tendo hoje 30 anos de vida consagrada. Desenvolveu diversas Missões em sua caminhada missionária: no Internato de Meninas Abrigadas, Crianças portadoras de necessidades especiais por 09 anos; em realidades Missionárias, nos serviços Pastorais em Taquarembó, Uruguai; em Mendonza, Argentina e Major Martinez, Paraguai por doze anos; realizou serviço de Pastoral Juvenil vocacional e Pastoral Catequética na Argentina e no Uruguai, no Colégio dos Padres Orionitas, na Paróquia Nossa Senhora do Carmo, Lavalle, Diocese Mendonza na Argentina por onze anos;foi Conselheira Provincial e Diretora do Colégio do Pequeno Cotolengo das Irmãs por seis anos em Avellane de Buenos Aires, Argentina.

Irmã Henriqueta Fachin Cataneo:  Nasceu no dia 20 de abril de 1956, em Orleans, Estado de Santa Catarina. Entrou na Congregação no di 27 de fevereiro de 1982, em Siderópolis – SC. Emitiu a profisssão religiosa no dia 02 de fevereiro de 1986, Votos perpétuos, aos 02 de fevereiro de 1991. Exerceu sua missão apostólica nas seguintes obras: Educandário Nossa Senhora do amparo, internado de meninos; Pequeno Cotolengo de Curitiba, em Curitiba, PR;Instituto Imaculado Coração de Maria, Paraíba do Sul, RJ, no serviço aos portadores de deficiência física e mental e na pastoral catequética; Casa Geral das PIMC, Roma, na missão com os imigrantes. Comunidade Nossa Senhora da Anunciação, Juvenília – MG, na missão paroquial; Comunidade Mãe da Esperança, serviço de pastoral paroquial; Comunidade Nossa Senhora de Fátima, Xambioá – TO, serviço de pastoral paroquial; Casa Provincial das PIMC, Cotia – SP, pastoral paroquial.

Breve histórico da Congregação

São Luís Orione fundou o Instituto das Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade aos 29 de junho de 1915, no bairro São Bernardino, periferia de Tortona – Norte da Itália. Em 1927, o fundador integrou no Instituto a comunidade das Irmãs Sacramentinas, (Cegas). A família feminina foi associada à Pequena Obra da Divina Providência (Sacerdotes, irmãos, Eremitas), que reúne diversas associações religiosas e leigas, como O Instituto Secular Orionita e o Movimento Laical Orionita; sempre movidas pelo mesmo espírito missionário evangelizador, educacional, e principalmente da caridade apostólica sem fronteiras. São Luís Orione em uma de suas visitas ao Brasil, no Corcovado, aos pés do Cristo Redentor, pronunciou este desejo: “O que eu não fiz pelo Brasil durante a vida, fa-lo-ei do Céu”. São Luís Orione exprimia quase como lema seus quatro grandes amores: Jesus, Maria, Papa, Almas.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This