Pe. Mário Scalco faleceu em Brasília

Pe. Mário Scalco faleceu em Brasília



Normal
0


21


false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE













MicrosoftInternetExplorer4

























































































































































Pe. Mário Scalco faleceu em Brasília

 

Brasília. O Secretário Provincial, Dc. Geovani dos Santos Pereira, comunicou aos confrades e leigos o falecimento na manhã deste dia 15 de novembro do Pe. Mário Scalco, que atualmente residia na Casa Provincial em Brasília. Atualmente a saúde do Pe. Mario estava frágil e inspirava muitos cuidados.  Nos últimos dias o quadro clínico dele tinha se agravado e precisou fazer uma traqueostomia para ajudar na respiração e ontem tinha sido iniciado o procedimento de hemodiálise. No dia 01 de novembro recebeu a visita de seu sobrinho Aldo Scalco no hospital, quando aguardava a internação na UTI. 

 

O religioso tinha 84 anos de idade, 63 de profissão e 49 de sacerdócio.

 

Curriculum Vitae

Nasceu aos 30 de setembro de 1928,  em Pádua–Itália. Entrou em Buccinigo em 1945. Emitiu a primeira  profissão em  Vila Moffa aos  11 de outubro de 1949 e a  profissão perpétua  no dia 11 de fevereiro de 1962.

Frequentou o curso de filosofia em Vila Moffa nos anos 1950 a 1952, fez o tirocínio em Veneza (1953-1955) e no Rio de Janeiro (Gávea, 1957 a 1963) e concluiu sua preparação para o sacerdócio cursando a teologia em Tortona (1956) e Rio de Janeiro (1961-1963). Foi ordenado sacerdote no Santuário de Fátima, Rio de Janeiro, no dia 29 de junho de 1963.

A sua chegada no Brasil foi no dia 30 de novembro de 1956. Veio juntamente com Pe. João Salvador, Pe. Rino Vaccari, Pe. Domingos Sanguin, Ir. Angelo Bruno, Pe. Dino Barbiero, Pe. Dante Barbaro e Pe. José Rosin. Ao longo dos seus 56 anos como missionário no Brasil, desempenhou um incansável trabalho em nossa pátria, passando pelas seguintes comunidades:

– 1957: assistente no colégio Divina Providência, Rio de Janeiro.

– 1964: professor no seminário menor em Siderópolis.

– 1965: retorna ao Rio de Janeiro como coordenador do Ginásio.

– 1968: pela primeira vez, assume a função de diretor em Brasília.

– 1975: Encarregado de Obra em Araguaína na Casa da Caridade.

– 1978: Vigário em Araguaina, na paróquia Sagrado Coração de Jesus.

– 1979: novamente é transferido para o hospital Dom Orione em Araguaina.

– 1990: é nomeado Pró-Diretor e Pároco em Ananindeua.

– 1995: é transferido para a Comunidade Araguaína Sagrado Coração.

– 1997: é nomeado pró-diretor da comunidade religiosa orionita de Palmas.

– 2005: exerce seu ministério no Santuário de Fátima

– 2007: retorna para Brasília.

 

Que o Senhor o acolha em seu Reino e lhe conceda a recompensa por tanto bem que semeou ao longo de sua vida!

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Share This