No princípio era a relação – o novo subsídio de formação permanente

No princípio era a relação – o novo subsídio de formação permanente

 No princípio era a relação – o novo subsídio de formação permanente

O vigário geral, Dom João Inácio, apresenta o novo subsídio à toda a família orionita

TORTONA. O novo subsídio de formação permanente será distribuído na Itália durante a reunião dos diretores das duas províncias italianas orionitas reunidos em Tortona para o encontro anual do dia 14 ao dia 16 de setembro e tem como título “No princípio era a relação” e constituirá o guia para as reuniões comunitárias e para os retiros mensais dos religiosos.

As sete fichas do subsídio tratam da temática das “relações comunitárias”, o segundo núcleo do documento do Capítulo Geral. “O capítulo geral do ano passado” – escreve na introdução do documento Dom João Inácio, vigário geral – “reafirmou com convicção a centralidade da vida comunitária como lugar no qual se exprime nossa vocação de consagrados. O capítulo geral não fez somente análises; com suas decisões traçou algumas linhas para uma nova síntese entre vida espiritual, vida fraterna e vida apostólica”.

Convidando a valorizar as fichas do caderno, o vigário geral diz que “não há nenhuma estratégia de renovação que não passe pela caridade fraterna, ápice da vida religiosa consagrada. O caderno de formação permanente é um instrumento importante porque incide sobre nossa vida cotidiana e porque reunie todos os confrades dispersos no mundo. Neste sentido é um instrumento de conversão e de unidade da Pequena Obra”.

O superior geral, Dom Flávio Peloso, na apresentação condivide algumas considerações sobre a importancia de se cuidar da formação permanente para viver a idade madura com dignidade e alegria.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This