Junioristas se encontram em Santa Catarina

Junioristas se encontram em Santa Catarina

 Junioristas se encontram em Santa Catarina

 

IMBITUBA. A vida religiosa é feita de vários momentos. Além da vida de oração, de trabalho e de estudo, a dimensão comunitária também é de suma importância para uma vida religiosa saudável e equilibrada, no jeito de Jesus que, podendo viver sozinho, escolheu viver em comunidade. Por isso, os junioristas da Província Nossa Senhora da Anunciação (Sul) estiveram reunidos por alguns dias na cidade praiana de Imbituba, ao sul de Florianópolis. Sob a organização do clérigo Alexandre de Mamam e apoio do pe. Newton Furtado, os junioristas se encontraram na casa de veraneio da sra. Alba, madrinha de vocações do seminário João Paulo II de Curitiba. Lá, num clima de amizade e partilha, saborearam juntos a suavidade da vida religiosa orionita. No domingo pela manhã, participaram e animaram a celebração eucarística na capela N. Sra. dos Navegantes, onde a comunidade local pôde sentir a simpatia e a calorosa acolhida dos moradores locais. No dia 13 à tarde, ainda, alguns dos junioristas fizeram uma visita à vizinha cidade de Laguna onde visitaram a casa de Anita Garibaldi, a igreja histórica de Santo Antonio dos Anjos e o farol de Santa Marta, o segundo maior do mundo. O ápice do encontro deu-se na segunda-feira de manhã; juntos, os junioristas partilharam um pouco da vida e dos desafios da vida religiosa, animando e fortalecendo a vocação uns dos outros.

Ainda na segunda, alguns junioristas foram até Florianópolis. Lá, visitaram as comunidades orionitas da paróquia São José e da Orionópolis Catarinense. Aqui, segue nosso agradecimento pela calorosa recepção dos confrades pe. Paiva e pe. Marialdo da paróquia e do ir. Agostinho e pe. Darci da Orionópolis.

Estiveram presentes no encontro os clérigos Clayton e Edson (da teologia), Alexandre, Anderson, Rui, Adriano, Carlos  e Francisco (da filosofia), Thiago e Paulo (de Siderópolis), Angelito (de Guararapes) e os irmãos Lucas e Leonardo.

Sentimos a falta dos clérigos Marcelo (em campanha vocacional no Mato Grosso do Sul) e Wellington (missionário em Moçambique, na África).

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This