Irmãs orionitas fazem retiro espiritual em São Paulo

Irmãs orionitas fazem retiro espiritual em São Paulo

 Irmãs orionitas fazem retiro espiritual em SP

ITAPECIRICA DA SERRA. De 20 a 26 de agosto de 2012, se reuniu na Casa Emaús, em Itapecerica da Serra, São Paulo, para fazer o Retiro anual, um grupo das PIMC da Província Nossa Aparecida. Um lugar aconchegante, tranqüilo, onde a natureza colaborou imensamente para que este momento de espiritualidade se transcorresse com grande eficácia para cada Irmã. O pregador Pe. José Maria Fernandes, SJ, com suas colocações ajudou o grupo a percorrer um profundo itinerário de oração:

A PALAVRA CRIADORA, onde Deus por amor nos cria à Sua imagem e chama cada uma a ser colaboradora na construção da semelhança com Ele;

A PALAVRA SAGRADA, quando no espaço e no tempo que Deus nos dá, vivemos o que é sagrado em nós, os dons que temos e a possibilidade de uma relação profunda com o Criador;

A PALAVRA QUE NOS ALERTA a tomar consciência do bom uso da liberdade que Deus nos dá, orientando nossa vida para o bem, para o testemunho, a presença da graça Dele em nós.

A PALAVRA QUE PERDOA, quando nos colocamos em atitude de penitentes conscientes da situação de pecadoras, tomando consciência profunda dos próprios erros;

A PALAVRA REVELADA, o chamado de Deus a viver em comunhão com Ele, os diversos chamados na própria vida e as respostas que damos;

A PALAVRA QUE DEFINE é o chamado a viver o amor, que nos faz seres definidos para testemunhar o amor, com humildade, transparência, abertura, alegria, traduzindo a palavra de Deus em vida;

A PALAVRA QUE LIBERTA, a capacidade de deixar tudo pelo Reino, convidar outros para participar da nossa missão, chamados a viver em comunidade;

UMA PALAVRA DE AMOR, a revelação do amor de Jesus pela humanidade, a obediência filial;

UMA PALAVRA COMPROMETIDA, o nosso compromisso com a Palavra de Deus que leva a um compromisso através da vivência coerente com o Batismo que recebemos assumindo em nossa vida um estilo de vida nas dimensões: Profética, Sacerdotal e Real;

A PALAVRA CALADA, que nos ajuda a meditar o sofrimento de Cristo com uma grande responsabilidade de nossa parte de sermos construtoras do Reino de Deus;

UMA PALAVRA DE VIDA, nos dando a base de nossa fé, somos chamadas a contemplar o túmulo vazio, o mistério da ressurreição, sendo a primeira palavra pronunciada por Jesus: PAZ, e, portanto, somos chamadas a ser anunciadoras da Paz. E assim somos chamadas a nos transfigurar diante do ressuscitado para testemunhar o amor de Deus em meio à humanidade.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This