Irmãs celebram abertura das comemorações do centenário

Irmãs celebram abertura das comemorações do centenário

 Irmãs orionitas celebram abertura das comemorações do centenário

TORTONA. Dia 23 de Agosto de 2012 em Tortona foi iniciado o caminho de três anos de preparação para o centenário de fundação das Pequenas Irmãs Missionárias da caridade(Irmãs orionitas) que acontecerá em 29 de Junho de 2015. A cerimônia aconteceu num atmosfera de festiva de ação de graças para a inteira família, teve inicio as 20 horas na Casa Mãe em San Bernardino Tortona Itália berço da Congregação, onde o sagrado Coração de Jesus apareceu e falou com São Luis Orione,. A celebração contou com a presença de várias religiosas e leigos das comunidades próximas e também distantes. Foi presidida pelo Pe. Sesto Falchetti. As palavras de agradecimentos da Madre Geral M. Mabel Spagnuolo, deu um novo impulso para o PIMC no caminho de proclamar o Evangelho da caridade para com o futuro. A Madre fez uma ligação das palavras do Sagrado Coração “Daqui partirá a minha glória e minha misericórdia” com a vocação e missão de cada PIMC, chamadas, segundo a espiritualidade do “trapo”, para semear a caridade em todos os estratos sociais, trazendo o povo cada vez mais perto de Deus e da Igreja. 
O eco deste anúncio chegou ao Santuário de Nossa Senhora da Guarda, que foi alcançada pela Assembléia reunida em procissão. 
Após a recitação do Santo Rosario animado pelas irmãs, na Eucaristia as religiosas foram convidadas a vestir a “veste nupcial” do amor puro, verdadeiro e divino de participar com a assembleia e assim se uniram aos fiéis para a tradicional novena de Nossa Senhora da Guarda. Durante a celebração Eucaristica, presidida pelo arcebispo Oscar Rizzato, as PIMC reconfirmaram o compromisso de viver em fidelidade criativa o carisma de Dom Orione. A Madre Geral acendendo a “luz do carisma” diretamente de São Luís Orione e simbolicamente as entregou às Irmãs jubilandas presentes e representando as várias províncias, delegação, e Missões, convidando-as a andar e levando o fogo da caridade até os confins da terra. 
A Celebração foi encerrada com a oração do Centenário, que vai acompanhar o caminho iniciado em Tortona e que será vivido no mundo, caminhando com dois pés “humildade e caridade” fazer de Cristo o coração do mundo.

 

 

 

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This