INAUGURAÇÃO DA CASA MAMMA CAROLINA NOS 53 ANOS DO PEQUENO COTOLENGO PARANAENSE

INAUGURAÇÃO DA CASA MAMMA CAROLINA NOS 53 ANOS DO PEQUENO COTOLENGO PARANAENSE

Pequeno Cotolengo Paranaense completa 53 anos e inaugura novo lar

A Casa Mamma Carolina irá abrigar as moradoras mais velhas da instituição

No dia 25 de Março o Pequeno Cotolengo Paranaense (que fica em Curitiba) completou 53 anos e nesta segunda-feira, dia 26, aconteceu a comemoração junto da inauguração de uma nova casa dentro da instituição: É a Casa Lar Sênior Mamma Carolina, construída para abrigar as moradoras com mais de 60 anos.

 A história da entidade começa em 1965, quando se firmou um documento oficial dizendo que seria construído um Pequeno Cotolengo em Curitiba.

Mas esse sonho existia apenas no papel. Foi após os esforços de religiosos e voluntários para conseguir um terreno, arrecadar fundos e construir o primeiro pavilhão que as primeiras 18 moradoras, com idades entre 9 e 18 anos chegaram, no ano de 1971.

Algumas dessas primeiras moradoras vivem no Pequeno Cotolengo até hoje. São quase 50 anos morando na instituição e recebendo todos os cuidados dentro da saúde, educação, higiene , nutrição e qualidade de vida, o que possibilitou que elas chegassem até a terceira idade.

Pensando nas necessidades delas, o Pequeno Cotolengo buscou formas de construir uma casa específica para as moradoras mais velhas da instituição.

Graças ao apoio via Incentivo Fiscal ao projeto “Cuidar – O idoso e a deficiência múltipla, a vulnerabilidade na terceira idade”, inscrito no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) por meio da Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS) em 2015, foi possível a construção dessa casa adaptada.

O projeto teve apoio via incentivo fiscal das empresas Banco Regional de Desenvolvimento do Extemo Sul – BRDE, Sysmex do Brasil, Instituto Joel Malucelli, Fertipar, Mili, Grupo Servopa e Consórcio Servopa, Mili, Itaú Unibanco, Grupo Boticário.

O nome da nova casa “Mamma Carolina” foi escolhido com muito carinho para homenagear a mãe de São Luis Orione, fundador do Pequeno Cotolengo, e trazer a sensação de um verdadeiro lar que vai proteger e oferecer conforto para as moradoras.

Sobre o Pequeno Cotolengo

O Pequeno Cotolengo Paranaense atua a 53 anos oferecendo acolhimento, saúde e educação para pessoas com deficiências múltiplas (físicas e intelectuais) de todas as idades que foram abandonadas por suas famílias, sofreram maus tratos ou viviam em situação de risco. Hoje são 194 moradores que encontraram na instituição o conforto, os cuidados e a qualidade de vida que merecem. O Pequeno Cotolengo foi eleito como a Melhor ONG para se doar no sul do Brasil e uma das 50 melhores empresas para se trabalhar no Paraná.

MAIS IMAGENS :

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This