Hospital Dom Orione amplia parque tecnológico

Hospital Dom Orione amplia parque tecnológico

Buscando aumentar a efetividade de seus serviços e sempre focado na segurança do paciente, o Hospital Dom Orione continua em constante renovação dos equipamentos do seu parque tecnológico. Ao todo foram investidos mais de1 milhão de reais na aquisição de equipamentos de anestesia, cardioversores bifásicos com marca passo, oxímetros de pulso, bisturis eletrônicos, cuba ultrassônica, secador de traquéias, lavadora e um terceiro grupo gerador de 699 kva.

Entre estes,o Hospital novamente sai na vanguarda sendo o único hospital do Estado do Tocantins a possuir um equipamento de anestesiaconsiderado um dos mais modernos do mercado brasileiro, o Carestation 620, um sistema de anestesia compacto e versátil, projetado para ajudar na decisão clínica de entrega de gases anestésicos, dando assim mais agilidade e precisão aos procedimentos cirúrgicos.

Para o anestesista do Hospital Dom Orione, Dr. Celso Cintra, o novo equipamento contribui diretamente para uma maior precisão nas tomadas de decisão durante os procedimentos. “Ele nos dá toda segurança na anestesia, oferecendo informações mais completas e detalhadas sobre o estado clínico do paciente”, pontuou o médico.

O engenheiro Ricardo Minikovski explica que o aparelho possui ventilador com válvula de fluxo com controle digital compatível com todos os tipos de paciente, de neonatos a obesos mórbidos. “Oequipamento ventila crianças de baixo peso, a partir de 300g”, explicou o engenheiro, completando que os outros aparelhos só podem ventilar pacientes a partir de 05kg.

“Disponibilizar para nossos pacientes o que há de mais moderno em equipamentos médicos hospitalaresfaz parte da missão do Hospital Dom Orione ao prestar serviços de saúde humanizados e com qualidade.Somente no centro cirúrgico do hospital foram investidos 500 mil reais”, declarou o diretor presidente da instituição, Padre Jarbas Assunção Serpa. “A tecnologia aliada a profissionais especializados, resulta numa maior eficiência no atendimento de pacientes”, completou. 

Rodrigo Martins

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This