FALECIMENTO DA IRMÃ MARIA JOSÉ PINHEIRO – PIMC

FALECIMENTO DA IRMÃ MARIA JOSÉ PINHEIRO – PIMC

IRMÃ MARIA JOSÉ PINHEIRO

*19/01/1945 – +23/10/2020

 

Breve histórico de sua vida:

Santo Agostinho disse: “A morte não é nada. Eu somente passei para o outro lado do caminho”. São Luís Orione, por sua vez dizia: “A morte, para nós que temos esperança, não é o fim: ela abre o caminho para comunhão plena com o Cristo da Glória e, nele, com todos os irmãos na casa do Pai é como o coroamento da nossa Consagração Religiosa” (São Luís Orione).

Ainda que humanamente nossos sentimentos sejam variados em relação ao acontecido, somos convidados, pela confiança no Ressuscitado, a nos confortarmos nesta hora. Por isso partilho com vocês um breve histórico da vida de Irmã Maria José Pinheiro, servidora, especialmente dos enfermos.

Natural de Francisco Badaró, estado de Minas Gerais, Ir. M. José Pinheiro nasceu aos 19 de janeiro do ano de 945, filha de José Pinheiro dos Santos (em memória) e Elcira Lima dos Santos. Em uma família de 06 irmãos, Ir. Maria José foi batizada aos 19 de abril de 1945, crismada aos 06 de setembro do mesmo ano, em Francisco Badaró, Diocese de Araçuaí/MG.

Entrou na Congregação das Pequenas Irmãs Missionárias no Instituto “Imaculado Coração de Maria”, em Paraíba do Sul/RJ, aos 02 de fevereiro do ano de 1965. Fez o Noviciado na cidade supracitada entre 1966 e 1968; Primeira Profissão Religiosa aos 23 de janeiro de 1968, Profissão Perpétua aos 02 de fevereiro de 1974 e Voto de Caridade aos 16 do mês de julho de 1985. Cursou enfermagem no Hospital São José – São Paulo/SP.

Sempre disponível, exerceu os trabalhos que lhe foram confiados com muita dedicação e amor. Nas diversas cidades por onde passou, deixou o seu legado de amor e doação, procurou amar e servir a Deus e ao próximo, deixando exemplo para as gerações futuras, uma história de força, perseverança, fé e respeito.

De 1969 a 1970 trabalhou com pessoas com deficiência intelectual no Instituto “Mater Dei” em São Paulo/SP e dos anos de 1991 a 1997 e 2009 ocupou-se de pessoas com deficiências múltiplas no Pequeno Cotolengo Paulista de Cotia/SP.

 

Na área da Educação, como Educadora:

1977: Educandário “Nossa Senhora Aparecida” – Guararapes/SP;

1978: Educandário “Santa Terezinha” – Santos Dumont/MG;

área da Saúde, como enfermeira:

1971-1976: Santa Casa de Misericórdia de Guararapes/SP;

1983-1984: Hospital Pio XII – Filadélfia/TO;

1985-1987: Instituto Imaculado Coração de Maria – Paraíba do Sul/RJ;

1998-2003: Asilo São Vicente franco Craveiro – Socorro/SP.

Ir. Maria José se destacou, pela sua dedicação impar e comprometimento com a enfermagem e a missão de cuidar do próximo, especialmente dos mais fragilizados. Tinha sempre, uma palavra de incentivo, conforto e solidariedade, o que sempre fez muita diferença na vida dos pacientes e colegas, segundo o testemunho de algumas pessoas que trabalharam com ela.

Sempre foi muito dedicada à sua família, e se preocupava muito quando estes adoeciam envolvendo toda família nos cuidados, e era muito amada por eles tanto que durante sua enfermidade, sempre alguém vinha visitá-la.

Ir. Maria José Pinheiro comemorou suas Bodas Áureas – 50 anos de Vida Religiosa em 2018. Atualmente exercia o cargo de Vice-Diretora no Instituto “Imaculado Coração de Maria” da cidade de Paraíba do Sul/RJ, cuidava do bazar, organizava os produtos de higiene para os setores, liberando-o para a sua utilização.

Em seus últimos meses de vida, vítima de um câncer, sofreu muito, retornando à casa Paterna na madrugada do dia 23 de outubro de 2020, às 04h30’.

Irmã Maria José Pinheiro, receba a recompensa nos braços de Deus pelas delicadezas e sensibilidade, que você exerceu no acolhimento e cuidados com os pequenos e enfermos, como enfermeira na Santa Casa de Misericórdia de Guararapes/SP, no Hospital Pio XII de Filadélfia/TO e no Asilo Franco Craveiro da cidade de Socorro/SP.

Ir. Bernadeth Martins de Oliveira.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Share This