Em Buritis, Rondonia, a Semana Missionária Vocacional

Em Buritis, Rondonia, a Semana Missionária Vocacional



Normal
0


21


false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE






































































































































































Na Amazonia, uma Semana de Missão Orionita

 

Buritis. De 22 a 29 de julho, em Buritis, Estado de Rondonia, foi realizada a Semana Missionária Vocacional, em coincidência com as festividades da Padroeira da Paróquia, Santa Marta.

Esta experiência missionária envolveu vários Sacerdotes, Clérigos, Irmãs e Leigos orionitas. Divididos em equipes, os missionários visitaram 8 setores da Paróquia, encontrando os fiéis da maioria das mais de 80 comunidades rurais, algumas situadas por volta de 130km da Matriz.

Desta missão em Buritis, não são os números a causar impacto, e sim um pouco tempo de conversa com os nossos clérigos participantes. Dialogando com eles pode-se perceber o brilho emocionado no olhar e o forte impacto na vida vocacional deles. O contato direto com o povo simples, com a sua história de vida, com a sua pobreza, com as alegrias e as suas dores, parece ter provocado mais entusiasmo e desejo de doar a vida pelo Reino que um ano inteiro de estudos. E sem contar os fatos um pouco graciosos do banho à luz da lua, dos lugares ainda sem energia elétrica, das viagens de moto, dos peixes grandiosos, até elétricos, e dos banhos em água límpida.

Pe. Majela, Vigário Paroquial em Niterói, um dos missionários em Buritis, sentiu-se “marcado pelo carinho deste povo singular”, e afirmou que “A Congregação continuando em Buritis poderá continuar fazendo um grande bem aos filhos e filhas de Deus que aí se encontram.” E ficou entusiasmado com esta “iniciativa que abriu o coração de muita gente para a fé e, através das reflexões sobre a vocação, também para o compromisso batismal” e quem sabe para a vida sacerdotal e religiosa.

Quem permaneceu além dos dias da Semana Missionária ouviu as palavras de reconhecimento do povo e dos nossos religiosos do lugar. “Os missionários – reconheceu Pe. Otávio – plantaram, nesta terra de vegetação exuberante, as sementes da Palavra de Deus que florescerão regadas pelo carisma de Dom Orione”.

Após o período da Missão, o Conselho Provincial se reuniu por dois dias em Buritis. Este encontro deu a possibilidade aos Conselheiros de conhecer esta realidade missionária e de programar, em nível provincial, algumas iniciativas visando o futuro: a consolidação do “ninho vocacional”, a programação da abertura de uma segunda comunidade em Rondonia e o apoio às iniciativas de caridade no estilo orionita, com a estruturação de uma “Escola de Família Agrícola”, intitulada ao Fundador. Este projeto agrícola, com alguma parceria com o Estado e o Município, tem merecido a atenção dos nossos religiosos porque tem os objetivos de evitar o êxodo rural e de dar instrução técnica a cerca de 300 alunos. Na fase de mudança da base de sustentabilidade econômica da cidade, passando das atividades de extração e tratamento da madeireira para atividades agrícolas e de pecuária, esta escola é fundamental para a cidade.

Com Dom Orione, portanto, Ave Maria e Avante! E até o próximo projeto missionário que se prevê – Se Deus quiser! – para outubro com envolvimento de alguns leigos da Província. E os missionários deste ano prometeram retornar naquela que será a “2ª Semana Missionária Vocacional em Buritis”.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Share This