BRASIL SUL – NOTA DE FALECIMENTO PADRE RENATO SCANO

BRASIL SUL – NOTA DE FALECIMENTO PADRE RENATO SCANO

Hoje, 20 de fevereiro de 2020, às 00:45 faleceu na Santa Casa de Misericórdia em Rio Claro-SP o nosso tão querido, Padre Renato Scano, aos 92 anos de idade, 73 anos de Profissão Religiosa e 63 anos de Sacerdócio.
O Padre Renato Scano faleceu com problemas pneumonia e septicemia.

Como muitos dizem, ele foi o homem da Eucaristia. Não só porque celebra as Santas Missas, mas porque vivia a Eucaristia como oblação no altar da vida.
Padre Renato Scano, vá em paz, vá com Deus! Obrigado grande sacerdote, formador e amigo dos pobres! Lá do céu, olhe por cada um de nós, por nossa Província que tanto amou e defendeu. Seu exemplo de vida deixa marcas em todos os confrades e amigos que o conheceram e puderam descobrir a sua inteligência, o seu entusiasmo pela vida religiosa, o seu amor ao carisma orionita na dedicação concreta aos mais pobres. Que a Mãe da Divina Providência abra seus braços e acolha este filho no céu. E na confiança da fé dizemos: “Dai-lhe Senhor o descanso eterno, e a luz perpétua o ilumine. Descanse em paz! Amém”.

A Santa Missa de corpo presente será hoje, dia 20, às 15:30 na Capela São Vicente no Abrigo em Rio Claro e o Sepultamento, após a Santa Missa no Cemitério São João Batista em Rio Claro.

Segue um breve histórico de sua vida:

<<< “A morte não é nada. Eu somente passei para o outro lado do caminho. Eu sou eu, vocês são vocês. O que eu era para vocês, eu continuarei sendo… Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do caminho” (Santo Agostinho)

“A morte, para nós que temos esperança, não é o fim: ela abre o caminho para comunhão plena com o Cristo da Glória e, nele, com todos os irmãos na casa do Pai e é como o coroamento da nossa consagração religiosa.” (São Luís Orione)

Irmãos, com um grande sentimento de perda, todos nós tomamos conhecimento do triste fato da morte de nosso querido Padre Renato Scano. A perda de um ORIONITA de coração – “servo de Cristo e dos pobres…”. Ainda que humanamente nossos sentimentos sejam variados em relação ao acontecido, somos convidados, pela confiança em Nosso Senhor, a nos confortarmos nesta hora. Por isso partilho com vocês um breve histórico da belíssima vida deste grande sacerdote, formador e servidor dos pobres, Padre Renato Scano:

Seu Pai foi o Sr. Cyro Scano (+) e sua Mãe a dona Luiza de Oliveira (+). Padre Renato nasceu na cidade de São Paulo, aos 14 dias do mês de maio do ano de 1929. Foi batizado em São Paulo aos 21 dias do mês de junho do ano de 1929. Foi crismado na cidade de São Paulo no ano de 1932. Entrou na Pequena Obra da Divina Providência no Rio de Janeiro (N. Srª de Fátima) aos 15 dias do mês de janeiro do ano de 1940. Fez o noviciado em Paraíba do Sul-RJ entre 1946 e 1947. A sua 1ª Profissão ocorreu em Paraíba do Sul-RJ aos 15 dias do mês de fevereiro do ano de 1947. Renovou os votos em algumas cidades do Brasil, entre os anos de 1948 a 1951. Sua Profissão Perpétua aconteceu em Pinerollo (Itália) aos 02 dias do mês de março do ano de 1952. Foi ordenado diácono em Belo Horizonte-MG aos 30 dias do mês de dezembro do ano de 1956. Foi ordenado sacerdote no Rio de Janeiro-RJ aos 06 dias do mês de janeiro do ano de 1957. Professou o IV Voto de especial fidelidade ao Papa no Rio de Janeiro-RJ aos 12 dias do mês de março do ano de 1984.

Estudou o primário em São Paulo de 1937 a 1939. Fez o ginásio no Rio de Janeiro e em Paraíba do Sul de 1940 a 1943. O ensino médio e filosofia cursou em Paraíba do Sul-RJ e São Julião-MG de 1947 a 1949. Fez três anos de Tirocínio em Gênova (Itália) e São Julião-MG, respectivamente, entre os anos de 1954 a 1956. A Teologia ele cursou em Paraíba do Sul-RJ e Tortona (Itália) de 1950 a 1953.

Como um bom Filho da Divina Providência e sempre disponível morou em Belo Horizonte, MG, entre 1957 a 1960. Depois foi transferido para Siderópolis, SC, e ficou nos anos de 1961 a 1967. Aceitou a missão de ser mestre de noviços em Juiz de Fora, MG, nos anos de 1969 e 1970. Foi Vigário Provincial em São Paulo, SP, nos anos de 1970 a 1972. Aceitou o lindo trabalho de formador em Belo Horizonte, MG, nos anos de 1975 a 1982. E em 1983 e 1984 atuou também como formador, mas dessa vez em Brasília, DF. Foi transferido para Porto Alegre, RS, e morou lá entre 1985 a 1987. E um pouco em Curitiba, PR, nos anos de 1988 e 1989. Voltou a ser mestre de noviços no Barro Preto, PR, nos anos de 1990 a 1998. Depois foi transferido a Capoeiras, SC, e lá permaneceu nos anos de 1999 a 2002. Foi secretário provincial em São Paulo, SP, de 2003 a 2005. E com seu coração sem fronteiras foi em missão a Maputo, MZ, nos anos de 2006 a 2008. Ficou no ITEDO em Cotia, SP, nos anos de 2009 e 2010. Logo depois foi transferido para as dependências da comunidade religiosa do Pequeno Cotolengo em Cotia, SP, nos anos de 2011 a 2014. Por fim, veio a morar no Abrigo São Vicente de Paulo, em Rio Claro, SP, de 2015 a 2020 como Conselheiro.

No dia 20 de fevereiro de 2020, às 01:00 horas falece em Rio Claro, SP. >>>

 

1 Comment
  • Pe. José Maria da Cunha
    Postado em 14:21h, 20 fevereiro Responder

    A Pequena Obra da Divina Providência, Brasil – perde um grande homem de Deus. Que na constelação dos Santos de Família. Interceda , Junto ao nosso Pai Fundador , pela PODP.
    Pe. Renato Scano, descanse em Paz!

Gostou do artigo? Faça um comentário!

Share This