Brasil Norte: Aos 100 Anos de Idade, Falece o Padre Remigio Corazza em Araguaína (TO)

Brasil Norte: Aos 100 Anos de Idade, Falece o Padre Remigio Corazza em Araguaína (TO)

“É preciso amar o eterno. Assegurar o que permanece. Tudo passa na vida presente, menos o amor”. São Luís Orione.

Na madrugada desta sexta fera (21), faleceu no Hospital Dom Orione em Araguaína (TO) o grande religioso orionita, Pe. Remigio Corazza, um dos pioneiros da missão evangelizadora da Congregação no Norte de Goiás, atual estado do Tocantins.

Seu corpo está sendo velado no Santuário Sagrado Coração de Jesus. Onde também será celebrada a Missa de Exéquias às 16h, seguida do seu sepultamento no Cemitério São Lázaro, naquela cidade.

Remígio Corazza nasceu em 05 de outubro de 1919, em Arsego, na província de Pádua, região de Vêneto na Itália. Começou sua caminhada religiosa em 1939 quando fez seus primeiros votos. Foi mensageiro de São Luis Orione levando suas correspondências. Aos 29 de junho de 1952 recebe a ordenação sacerdotal. Em 1953 parte para o Brasil onde começa uma história de missões na região do norte Goiano. Voltou a Itália onde ficou de 1958 a 1963 e após este período volta para o Brasil em definitivo, retomando às desobrigas, onde viajava longas distâncias pelo sertão Goiano, levando os sacramentos e a palavra de Deus a muitos. Em 14 de setembro de 1963, junto com o então bispo de Tocantinópolis, Dom Cornélio Chizinni, funda o colégio Santa Cruz em Araguaína. Passou um tempo em Goiânia onde trabalhou e construiu a Paróquia Nossa Senhora da Rosa Mística. Também em Araguaína construiu a capela Santíssima Trindade”.

Em nota o Hospital Dom Orione manifesta  a sua tristeza pelo falecimento do sacerdote:

“É com imensa tristeza que o Hospital Dom Orione manifesta seu pesar pelo falecimento do Padre Remígio Corazza, ocorrido às 1h54 da madrugada desta sexta-feira, 21/02. O sacerdote tinha 100 anos de idade.

Lamentamos a perda desse grande missionário e pioneiro da obra Orionita em Araguaína. Aos familiares externamos nossas condolências neste momento de luto”.

Os alunos do Colégio Santa Cruz, fundado por ele, em 1952, fez memória também da sua morte, guardando um minuto de silêncio antes das aulas no dia de hoje  e também acompanharão a missa de Corpo Presente.  O colégio divulgou em nota:

 O Colégio Santa Cruz amanheceu triste nesta sexta-feira, faleceu na madrugada, Padre Remígio Corazza, 100 anos de idade.

A história do Padre Remígio Corazza se confunde com a história de Araguaína, aqui chegou em 1952, para fundar o Ginásio Santa Cruz.

Fica na memória da escola e nas fotos, o carinho dos alunos na comemoração do seu aniversário de 100 anos no ano que passou.

Como última homenagem, os alunos e colaboradores do Colégio Santa Cruz, fizeram um minuto de silêncio pelo falecimento do seu fundador e acompanharão a missa de corpo presente.

Que a sua alma descanse em paz e que a luz de Deus o ilumine!

Sem comentários

Gostou do artigo? Faça um comentário!

Share This