Abrigo S. Vicente encerra celebração do seu centenário

Abrigo S. Vicente encerra celebração do seu centenário

Abrigo São Vicente encerra celebração do seu centenário

RIO CLARO. Neste mês de novembro, o Abrigo da Velhice São Vicente de Paulo comemora seu centenário de fundação. A entidade teve início formal em Rio Claro com a formação da “Primeira Conferência Vicentina”, em 15 de setembro de 1901. Denominada São João do Rio Claro, trabalhou conforme os preceitos do regulamento geral da Sociedade  São Vicente de Paulo até 1911, quando, por força da ampliação de sua atividade, em resposta aos problemas sociais da época, e sendo necessário regularizar sua instituição patrimonial, fundou-se, em 8 de novembro de 1911, o Asilo São Vicente de Paulo na condição de Obra Especial e a pedido do monsenhor Francisco Botti.

Diante da importância dos serviços prestados e da ocasião, várias atividades marcaram as comemorações dos 100 anos de sua existência, cujo encerramento aconteceu neste domingo (27). Às 10h30, a administração municipal prestou homenagem ao abrigo em solenidade especial no próprio local. Também houve o lançamento do calendário natalino do ‘Natal Luz’. Já, às 14h, jovens da comunidade apresentaram ‘Show de Talentos’ aos idosos que ali residem. O evento foi aberto à comunidade em geral..

Para o diretor da unidade, padre Ricardo Alexandre Paganini, natural de Santa Catarina, da Congregação Orionita, o centenário da entidade representa o compromisso e a missão que a mesma mantém com a população rio-clarense. “Tudo o que temos vivido expressa o reconhecimento das pessoas para com o trabalho da entidade. Estamos muito felizes em ver tanta gente celebrando essa história conosco”, argumenta.

Atualmente, o abrigo atende a 112 moradores divididos em duas alas – quartos individuais e coletivos, tendo o acompanhamento de assistente social, psicóloga, nutricionista, enfermeira, fisioterapeuta, farmacêutica e terapeuta ocupacional. São idosos de 65 a 96 anos de idade que participam, diariamente, de trabalhos em grupo, dinâmicas, exercícios e atividades físicas. Os que apresentam melhores condições podem até fazer caminhadas na rua.

Apesar de sua história, as dificuldades estão sempre presentes. Por isso, são aceitas doações de alimentos em geral, fraldas (adulto), roupas e, também, móveis – estes são revendidos em bazar próprio para angariar fundos. Voluntários são bem-vindos, principalmente na realização de serviços de manutenção predial, como pintura, jardinagem, parte elétrica, etc. Para mais informações, entre em contato: (19) 3524-3188. Local: Rua 1, 270, Centro.

Adriel Arvolea

Fonte: JORNAL DA CIDADE – RIO CLARO – SP

 

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This