18º Congresso do Movimento Laical Orionita em Rio Claro (SP)

18º Congresso do Movimento Laical Orionita em Rio Claro (SP)

Entre os dias 23 e 25 de maio de 2014, em Rio Claro, a cerca de 200 km de São Paulo, se reuniram os participantes do 18º Congresso do Movimento Laical Orionita.

Todos os anos, uma das comunidades orionitas da Província Sul organiza, prepara e acolhe centenas de leigos orionitas provenientes de todas as comunidades. Esta ano, cerca de 500 leigos vieram participar juntamente com 22 religiosos e religiosas e 15 sacerdotes de 13 cidades. A este número é preciso acrescentar os tantíssimos voluntários de Rio Claro, que prepararam uma calorosa e fraterna acolhida, bem como as deliciosas refeições e os momentos de formação, oração e deslocamentos entre os diversos locais onde aconteceu o Congresso.

O sábado começou na capela “Santa Luzia” com a saudação das autoridades presentes e com um momento de oração, seguido da procissão das bandeiras dos cinco estados da zona territorial da provincia sul, de vários símbolos (logo do congresso, bandeira e estatuto do MLO) e da imagem dos padroeiros das várias comunidades orionitas.

Terminada a oração, Padre Ademar dos Santos, da comunidade de Poxoréu (MT), proferiu a palsetra sobre os “Aspectos históricos dos orionitas no Brasil”. Padre Ademar recordou os inícios da congregação no Brasil contextualizando com a história do Brasil e da Itália.

Na parte da tarde o grupo se locomoveu até o bosque da cidade (Floresta Estadual – Horto) para a recitação do rosário, caminhando sobre a sombra de enormes eucaliptos e palmeras imperiais. Cada comunidade compôs uma cena teatral para cada mistério rezado, com simplicidade e muita devoção.

Na manhã do domingo, dia 25, todos os participantes se reuniram em grupos de 20 pessoas para comporem juntos a “Carta de Compromisso de Rio Claro”. Nela, os leigos se empenham em “seguir os ensinamentos de Dom Orione, a divulgar seu pensamento, praticar a caridade e testemunhar seu carisma… seguir os exemplos de nosso amadíssimo fundador, visitando os doentes, socorrendo os necessitados e lutando pelos pobres”. Esta carta foi lida por todos os participantes ao fim da santa missa de encerramento, presidida pelo nosso bispo Dom Aloísio Hilário de Pinho, na paróquai de “Nossa Senhora da Saúde”.

Nella mattinata di domenica 25 tutti i partecipanti si sono ritrovati in gruppo per una risonanza finale. Frutto di queste giornate è stata una “Carta de Compromisso de Rio Claro“. I laici, tra l'altro, si sono impegnati “a seguire gli insegnamenti di Don Orione, a divulgare il suo pensiero, praticare la carità e testimoniare il suo carisma… Seguire gli esempi del nostro tanto amato Fondatore, visitando i malati, soccorrendo i bisognosi e lottando per i poveri”. Questa lettera è stata letta da tutti i partecipanti alla fine della santa Messa, presieduta dal nostro vescovo emerito Dom Aloisio de Pinho, nella parrocchia di “Nossa Senhora da Saúde”.

CSM

 
Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This