10 anos da Canonização de Dom Orione

10 anos da Canonização de Dom Orione

 

Discursos de João Paulo II  O milagre da Canonização Deixe seu depoimento

Lembranças da canonização   Discurso Superior Geral 

 


Em 2004, Dom Orione foi finalmente elevado às honras dos altares

Para que Dom Orione chegasse à Canonização, isto é, para que a Igreja reconhecesse que ele é um SANTO e que ele é um MODELO de vida cristã e um PROTETOR para todos nós, não bastariam todos os processos do mundo se antes não houvesse a VIDA HERÓICA DE FÉ E DE AMOR que ele viveu. Foram 68 anos, desde o nascimento de João Luís Orione em 1872 até a morte em 1940. 68 anos de crescimento espiritual, no caminho de Jesus Cristo e do Evangelho. No caminho da confiança na Providência e na generosa dedicação a Deus, à Igreja e aos Irmãos mais necessitados. Aí, sim, podia e merecia ser olhado como um candidato à Canonização. Mas ainda demorou; foi em 1963 que saiu o Decreto anunciando a abertura do Processo de Beatificação e Canonização de Dom Orione.

Processo de Canonização é uma cuidadosa investigação da vida, das obras e dos escritos de algum fiel que tem fama de santidade. Primeiro o Bispo do lugar onde o fiel viveu e depois o Papa nomeiam comissões para examinar toda a história do candidato à canonização. As comissões convocam testemunhas, buscam depoimentos, lêem tudo o que o fulano fez e escreveu. Convocam os admiradores dele e convocam sobretudo toda e qualquer pessoa que tiver qualquer informação contra a fama de santidade do tal fiel… E com isso lá se vão anos… Do momento que o Processo começa o fiel já é chamado SERVO DE DEUS. No dia em que a Comissão e o Bispo reconhecem que realmente o fiel foi mesmo uma pessoa de virtudes heróicas, o candidato à Canonização ganha um novo título: VENERÁVEL. Depois disso é que começa o processo em Roma, lá na comissão nomeada pelo Papa; se tudo for bem e ao Comissão der um parecer favorável, o Papa fica à espera de uma prova do céu; um milagre que seja comprovado por testemunhas fidedignas e que uma junta médica ( na qual deve haver também médicos que nem sejam católicos!) concorde que o fato não tem explicação natural. Só depois desse milagre comprovado é que o fiel recebe o título de BEATO.

Vem então o mais difícil. Um processo mais rigoroso para reexaminar tudo de novo, para ver se o fiel merece mesmo ser canonizado. Se a nova Comissão der voto favorável… de novo o Papa espera um outro milagre do Beato. No caso de Dom Orione, nessa fase final foram apresentados muitos milagres atribuídos a ele. Foi escolhido como mais maravilhoso o milagre da cura de Pierino Panaca um homem morador da região de Tortona. Pierino em 1990 adoeceu gravemente; foi internado no Hospital São Rafael; houve exames e mais exames e o doente piorando, até que foi constatado "carcinoma pulmonar com infiltrações e vazamentos ( um caso gravíssimo de câncer) " e veio o prognóstico dos médicos: "terapia inexistente e grave risco de vida". Esse diagnóstico e prognóstico veio no dia 31/12/1990. A família, desiludida pelos médicos, recorreu então à fé e iniciaram orações pedindo a cura pela intercessão de Dom Orione. Rapidamente Pierino começou a melhorar e poucos dias depois estava completamente bem. Os médicos o examinaram e não havia nem sinal de tumor nenhum! Por várias vezes nos meses e anos seguintes os médicos quiseram repetir os exames, mas nem sinal da doença! Pierino viveu muito tempo e só veio a morrer em 2001, por razões completamente diferentes do antigo tumor canceroso, como declararam os médicos.

A comissão designada pelo Papa tornou a reexaminar todos os documentos da anunciado milagre e finalmente veio a aprovação. E assim, no final de 2003, exatamente 40 anos depois do início do Processo, João Paulo II declarou que a Igreja estava pronta para canonizar Dom Orione. E foi marcado o próximo dia 16 de MAIO para a CANONIZAÇÃO daquele que já nos dias de sua morte em 1940, o então Papa Pio XII não teve dúvida de denominar O PAI DOS POBRES E O BENFEITOR DA HUMANIDADE SOFREDORA E ABANDONADA.

Pe. Renato Scano, orionita

 

 

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Share This