Orionitas in UK

Durante suas visitas à
Argentina em 1921 e em 1934 a atenção de Dom Orione se voltou à Inglaterra e
sua cultura. Provavelmente por causa das muitas ligações existentes entre os
dois países. “Metade do planeta fala inglês”, ele escreveu. “Eu tenho rezado e
refletido e sinto que é necessário e urgente que os Filhos da Divina
Providência se estabeleçam na Inglaterra”.

Em 1936, três padres
italianos orionitas, padre Gaetano Piccini, padre Luciano Mancini e padre
Hadrian Calegari foram enviados à Cardiff (capital do país de Gales) onde
abriram uma casa para ajudar os imigrantes italianos que trabalhavam nas minas
gaulesas. A casa, todavia, foi fechada por ocasião do início da segunda guerra
mundial e a missão dos orionitas foi suspensa.

Dom Orione morreu em 12 de
março de 1940. Foi seu segundo sucessor, Dom Carlo Pensa, que ordenou o
restabelecimento dos Filhos da Divina Providência na Gran Bretanha. Ele
escolheu para esta missão o padre Paul Bidone, um jovem e animado padre que
entrou para a congregação depois de um encontro pessoal com Dom Orione.

Nos primórdios da
congregação na Inglaterra, padre Bidone elegeu como prioridade atrair um grupo
de benfeitores que ficou conhecido como “The Friends of Don Orione”. Eles
ajudaram a arrecadar fundos que contribuíram para a compra de terrenos onde as
primeiras casas da congregação foram construídas.

Em 1955 uma devota senhora
católica, Miss Cecilia Cooper doou sua casa em Hampton Wick para a congregação.
Imediatamente, começaram então as obras para transformar essa casa em um asilo.
Em 1956 a casa vizinha foi adquirida com outras doações recebidas e anexada à
casa já existente. Em 1958, padre Bidone com outros confrades se mudaram para
lá, e a partir de então, a casa começou a ser chamada de Westminster House.
Alguns anos depois, um cômodo da casa foi adaptado para abrigar uma capela
pública que, até hoje, recebe fiéis para missas diárias.

A partir daí, inúmeras
outras casas foram inauguradas na grande Londres e também no norte da
Inglaterra e na Irlanda. A maioria delas acolhe portadores de necessidades
especiais que precisam de atendimento diário. Vocações também surgiram e cinco
padres ingleses foram ordenados e hoje servem a congregação tanto em seu país
como na África e Ásia.

Veja abaixo as fotos de algumas casas orionitas na Inglaterra:

 

 Westminster House, em Hampton Wick, na cidade de Kingston Upon Thames, ao sul de Londres, é a casa mãe da congregação na Inglaterra: já foi seminário e hoje acolhe estudantes de todo o mundo que para lá se dirigem a fim de aprenderem inglês.

Uma das casas da congregação no norte da Inglaterra.

Essa casa tem mais de 600 anos e já foi o noviciado orionita para vocações inglesas. Hoje é a casa da comunidade religiosa e também recebe grupos para retiro e enconros.

Carolina House, nos arredores de Londres, acolhe portadores de sindrome de Down.

Colombo House, a mais moderna casa de acolhida para deficientes da congregação. Foi totalmente adaptada com os mais modernos equipamentos e mobília, pensando sempre no bem-estar de seus moradores.


Página Inicial

Share This