Frei Ave Maria

 

 

VENERÁVEL FREI AVE MARIA

1900 – 1964

César Pisano, eremita cego da
Divina Providência, nascido em Pogli de Ortovero (SV), morto em Voguera (PV) no
dia 21 de janeiro de 1964, com 63 anos de idade, 42 de Profissão e 52 de
cegueira. 

César Pisano, ficou cego com 12 anos de idade. Um amigo de infância disparou em
seu rosto com um fuzil que o deixou cego para sempre. Desolado e entristecido,
perdeu até a fé em Deus. Foi uma freira primeiro, e depois Dom Orione, que lhe
deram de novo a esperança. Com 20 anos entrou na Casa “Paterno” de Tortona; com
23, se tornou frei eremita com o “dever de rezar”, como lhe disse o Fundador.

Frei Ave Maria, passou a sua vida
escondido, fazendo penitência e rezando no eremitério de Santo Alberto de
Butrio (Pavia). Dom Orione falava dele como de “uma alma bela”: não me
maravilharia se ele fizesse milagres”. “O cego feliz”, como dizia de si Frei
Ave Maria, se fez apóstolo para os irmãos de cegueira física e espiritual com
os escritos, além do que com a oração.
Quis celebrar o “jubileu de ouro” de sua cegueira, em 1962, convidando a todos
para “um solene hino de agradecimento a Jesus bendito, que extraordinariamente
sabe transformar cada coisa em bem para aqueles que o amam. Tu converteste em
luz as minhas trevas e em alegria a minha tristeza; e somente Tu és a minha luz
e a minha alegria, ó Jesus”. 
A intimidade com Deus, a sua humilde e sorridente bondade, a sabedoria das
palavras, o aspecto sagrado de quem é extasiado em pensamentos de paraíso,
atraíram sobre ele a veneração de tantas pessoas necessitadas de conforto e de
luz. Era cego, mas bastava vê-lo – recordam-se dele – para que as nossas pobres
preocupações quotidianas e as nossas opções fossem iluminadas. Reconciliava as
pessoas com a vida simples, essencial. Percebia-se que tinha um contato
estável, fervoroso, transparente com Deus”.

O seu corpo está sepultado na
cripta do eremitério de Santo Alberto de Butrio. Com o Decreto Pontifício sobre
o “heroísmo de suas virtudes” de 18 de dezembro de 1997, a Igreja atribuiu-lhe
o título de “Venerável”.

 

Oração

Pela Beatificação do Servo de Deus Frei Ave-Maria

Ó Jesus, luz verdadeira, que
viestes ao mundo para iluminar todas as mentes, nós vos agradecemos por
haverdes chamado, através da dor de uma cegueira física, o vosso servo Frei
Ave-Maria, à noite luminosa de uma vida consagrada na penitência e na alegria
da oração, para apontar aos aflitos as admiráveis certezas da fé.

Concedei, Senhor, também a nós o
dom de caminhar ao esplendor de vossa face, em graça e caridade operosa para o
bem dos irmãos. Ouvi, Senhor, por intercessão de Frei Ave-Maria, a súplica que
vos apresentemos. Glória ao Pai…

 

 
 

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Share This